Coaching Executivo e Empresarial

Cenário:

  • O mundo empresarial é de contínua transformação. O ambiente é complexo, dinâmico, instável e não permanente. A cultura reativa, focada na tarefa, até há pouco praticada, torna frágil a visão estratégica necessária em direção a uma cultura de resultados. A ênfase recai sobre a tecnologia, o capital financeiro, a autonomia, a responsabilidade pessoal em cada projeto;
  • O contexto pede executivos competentes na gestão, não mais de mudanças, mas de transformação. Em contrapartida, a relação atual é de descontinuidade, não há estabilidade, tampouco plano de carreira. O apagão de talentos é a principal consequência dessa cultura. A saída plausível para este impasse é a manutenção do capital humano para que ele tenha efetivamente valor econômico;
  • Compete aos líderes da Organização a mudança na forma de olhar a equipe, dirigindo seus esforços no desenvolvimento e maximização das competências de cada um, em prol do sucesso dos projetos e das transformações típicas deste tempo.

 
Conceito:

  • É nesse ambiente que surgiu o Coaching Executivo Empresarial, parceria firmada entre coach executivo e gestor, com a proposta de elevar sua performance profissional  e, como consequência, a de sua equipe e a Organização para a qual trabalha;
  • Trata-se de intervenção estratégica, que atua no centro nervoso da Organização, com foco na ação e resultados;
  • O cliente é quem estabelece metas mensuráveis, em processo facilitador do desempenho, aprendizagem e desenvolvimento, para que atinja seu objetivo.

 
Resultado:

  • Desenvolvimento de padrões comportamentais de excelência.

Características:

  • Não diretividade e não condutividade;
  • Interação mútua e voluntária;
  • Formato flexível e personalizado;
  • Processo multifatorial que integra os contextos comportamental,   cognitivo e sócio culturais;
  • Feedback  constante e de impacto;
  • Tempo limitado e curto prazo;
  • Focal, estruturado e orientado para resolução de problemas;
  • Prescritivo e imediatamente aplicável.

Demanda Contextual:

  • Preparação de indivíduos de alto potencial para posições de desafio;
  • Desenvolvimento de pensamento estratégico: pensar de forma analítica e inovadora;
  • Desenvolvimento de processos de trabalho mais simples e produtivos.

 
Intrapessoal:

  • Desenvolvimento e aperfeiçoamento de habilidades de comunicação;
  • Desenvolvimento de habilidades de negociação;
  • Transformação de intenções e pensamentos em ações, incrementando o desempenho;
  • Desenvolvimento da capacidade e flexibilidade em gerar opções;
  • Análise de problemas e tomada de decisão;
  • Alívio de sobrecarga e pressão;
  • Desejo de ampliar competências.

 
Interpessoal:

  • Liderança e integração da equipe;
  • Desenvolvimento de competência relacional;
  • Desenvolvimento da capacidade de dar e receber feedback construtivo e gerador de mudança;
  • Estabelecimento de contratos explícitos de relacionamento com pares, superiores, subordinados, fornecedores e clientes;
  • Revisão do estilo gerencial.

 
Benefícios:

  • Criação de um novo portfólio de competências intra e interpessoais;
  • Transformação e expansão promovidas pelo autoconhecimento;
  • Maior produtividade, transforma-se possibilidade em realidade;
  • Aprendizado para criar opções e desenvolver alternativas;
  • Rompimento de paradigmas e estabelecimento de novas fronteiras;
  • Autonomia em substituição ao controle.

 

voltar

 
Produzido por ABE Mind Agência Digital